• Delphine

Agora é possível viajar de e para a França

As novas condições para viagens de e para o Brasil desde o 17 de julho 2021

Principais novidades na direção França-Brasil-França:


1- Para VACINADO


  • O esquema de vacinação é considerado completo 28 dias após a administração de uma dose para a vacina Janssen e 7 dias após a administração de uma segunda dose para outras vacinas (Pfizer / Comirnaty, Moderna, AstraZeneca / Vaxzevria / Covishield).

  • Se você for vacinado, você só precisa apresentar prova do status de vacinação e uma declaração de honra que você não tem sintomas de infecção por covid-19 e nenhum contato com um caso confirmado de covid-19.

  • Você não está mais sujeito ao regime de razões imperiosas para entrar ou sair do território metropolitano.

  • Não existe mais um teste PCR na saída e chegada da França, nem isolamento voluntário ou supervisionado.


Porém, é sempre necessário um teste PCR na chegada ao Brasil, bem como uma declaração de saúde, cujo formulário você encontra aqui.



2- Para aqueles NÃO VACINADOS ou vacinados com uma vacina NÃO RECONHECIDA na UE da França e vôo direto para o Brasil.


Você terá que apresentar à empresa de transporte e às autoridades de controle na fronteira francesa

  • um PCR negativo ou teste de antígeno nasofaríngeo menos de 48 horas antes da partida (partida do primeiro voo no caso de uma viagem de conexão). Crianças menores de 12 anos estão isentas de testes. Não são aceitos testes sorológicos rápidos, testes sorológicos, sorologia, detecção de anticorpos, anticorpos e IgG / IgM.

  • Você estará sujeito a uma medida de quarentena ou isolamento que será pronunciada por decreto da prefeitura em sua chegada à França continental por um período de dez dias, que será acompanhada de uma restrição nos horários de saída do local de isolamento (a partir das 10h00 às 12h) (exceto no caso de trânsito em uma zona internacional):

  • uma declaração de honra atestando a ausência de sintomas de infecção por covid-19 e contato com um caso confirmado de covid-19;

  • um compromisso sobre a honra de se submeter ao teste de antígeno ou ao exame biológico que será realizado na chegada à França continental;

  • comprovante do endereço da residência ou de acomodação adequada (hotel ou similar), especificando, se for o caso, os procedimentos de acesso que permitem aos agentes de controle verificar o cumprimento da medida de quarentena ou isolamento, exceto em caso de isolamento em local de acomodação fornecidas pela administração (foram criadas células de apoio ao isolamento territorial para apoiar as pessoas isoladas) ou ao trânsito na área internacional.

  • Teste de PCR no 9º dia de quarentena (o CNAM entrará em contato com você sobre o assunto) e possibilidade de saída entre 10h00 e 12h00.


3 / Para os não vacinados que desejam viajar para a França sem passar por vôo direto


Algumas escalas na Europa ainda não clamam pela vacina, ou seja, motivos imperativos para poder entrar e sair de seu território rumo ao Brasil. Para isso, é necessária apenas a condição de permanecer na zona de trânsito.

No entanto, é necessário um PCR ou teste anti-gene com duração inferior a 24 horas.

Dica: pegue dois bilhetes de avião separados França-escala, depois escala-Brasil e dois cartões de embarque.


Você também pode esperar mais alguns meses, o tempo para a crise política e de saúde se acalmar e vir em novembro para o coaching de Charles Brodel, por exemplo ;-)


Encontre todas as medidas neste link


10 vues0 commentaire